Próximas assembleias, confira as datas

Notícias

Imagem

Metalúrgicos da Fetim fecham estratégia de luta nas campanhas salariais 2017/2018

Lideranças dos metalúrgicos do Paraná filiados à Fetim se reuniram durante toda a tarde desta quinta-feira (5), em Irati, para alinhar as melhores estratégias de luta nas campanhas salariais 2017/2018 em todo o estado, a valorização dos sócios, campanhas de sindicalização e a participação dos paranaenses no movimento Brasil Metalúrgico. Ficou definido que o foco agora é a luta empresa por empresa para valorizar e trazer resultados ainda melhores para os trabalhadores associados e a representação na base.

Tá mais do que claro que com as mudanças da Reforma Trabalhista, que passam a valer a partir do dia 11 de novembro, a luta precisa ser ainda maior. Só o trabalho de base, na porta das fábricas, é que vai garantir que nenhum ponto da reforma seja incluído nos acordos fechados daqui pra frente. Por isso o foco dos metalúrgicos do Paraná é o trabalho empresa por empresa, deixando claro para o trabalhador que nesse momento de ataque ele não precisa ficar desamparado e pode contar com o Sindicato para não ser deixado para trás.

Sérgio Butka, presidente da Fetim, do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba e da Força Paraná, reforça que a essa valorização das negociações individuais empresas por empresa já vem trazendo bons resultados para os trabalhadores e que esse deve ser o caminho adotado em todo o Paraná para garantir avanços reais para os metalúrgicos.

“Nessa luta empresa por empresa, o trabalhador que é sócio do Sindicato, que se junta nessa luta, já conseguiu grandes avanços. Com a Reforma Trabalhista batendo na porta, essa negociação direta com as empresas é que vai garantir que o trabalhador não saia perdendo, já que esses acordos individuais vão ter ainda mais força do que as negociações coletivas”, destaca Butka.

Sindicalização

Durante o encontro, as lideranças também trataram de estratégias para valorizar ainda mais os sócios do Sindicato e definiram estratégias para as campanhas de sindicalização que estão começando neste momento.

Juntos pelo Brasil

Outro assunto que esteve na pauta da reunião foi a luta do movimento Brasil Metalúrgico, reforçando a posição de que os trabalhadores estarão com tudo nessa luta! Além de parar geral no dia 10 de novembro, os metalúrgicos do estado estão planejando várias iniciativas de aquecimento nas portas de fábrica, para deixar o trabalhador pronto para luta que se aproxima.

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria