Notícias

Imagem

Metalúrgicos de SP vêm a Curitiba fazer intercâmbio com dirigentes sindicais do SMC

Os dirigentes sindicais metalúrgicos de São Paulo vieram a Curitiba, no dia 11 de março, para participar de um evento de intercâmbio com os líderes sindicais metalúrgicos da Grande Curitiba. O objetivo do evento foi promover uma integração entre dois dos maiores sindicatos da categoria no País. Hoje, a atuação do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba é referência de luta em todo o Brasil. Com o evento, os dirigentes do Sindicato de São Paulo, que também é referência, unem forças e trocam experiências para fortalecer a luta metalúrgica em todo país.

Durante o encontro, que foi realizado no MetalClube de Campo, em São José dos Pinhais, além de fazer uma troca de experiências entre os dois sindicatos, os representantes dos trabalhadores falaram sobre as principais bandeiras de luta do movimento sindical para este ano. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM), Clementino Vieira, mediou o encontro.

O presidente do SMC, Sérgio Butka, ressaltou a importância da cooperação existente entre os dois sindicatos. “Historicamente sempre tivemos uma boa integração com São Paulo. E isso é muito importante, pois os nossos sindicatos fazem referência para o movimento sindical nacional”. Butka lembrou ainda que hoje em dia “nenhuma Convenção no Brasil é feita sem levar em conta o Sindicato de São Paulo ou o de Curitiba”.

De acordo com Miguel Torres, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, a união dos dois sindicatos também é importante nas lutas trabalhistas nacionais. “Este ano temos bandeiras de lutas importantíssimas para defender nacionalmente. A correção da tabela do imposto de renda, a redução da jornada de trabalho e a regulamentação da terceirização são algumas delas”, afirmou Torres

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria