Notícias

Imagem

ELEIÇÕES DIRETAS JÁ PARA TIRAR O PAÍS DA CRISE ECONÔMICA

Por Sérgio Butka*
 
É fato que Michel Temer já não tem mais condições de presidir o Brasil e nem tocar reforma nenhuma, principalmente as que cortam direitos e sacrificam a nação para manter os privilégios da elite política e econômica do país, os grandes responsáveis pela crise que passamos, como tem revelado a Lava Jato. Se lhe resta um mínimo de dignidade deve renunciar JÁ para o bem do país. O nosso problema é que a linha sucessória não ajuda em nada para resolver a situação. É um cabedal de gente que está ou envolvido com a Lava Jato ou envolvido em politicagens, mais preocupados em interesses particulares do que com o país. Ou seja, estamos na complicada situação de sair da frigideira para cair no fogo e continuar sem uma solução definitiva para a política. O efeito disso é a estagnação de todo o país e o aprofundamento da recessão econômica.
 
Diante dos fatos que se apresentam, a única solução é a convocação de ELEIÇÕES GERAIS E DIRETAS para já! Se quisermos resolver a crise econômica não dá para ficar esperando até o ano quem vem. É preciso uma solução urgente e essa solução é a antecipação da eleição presidencial para que a POPULAÇÃO escolha um novo governo que de estabilidade para o Brasil. Não dá mais para deixar a condução do país nas mãos desses que aí estão. Ou é isso ou vamos continuar patinando na economia. É fato que enquanto não se resolver o processo político, não conseguiremos sair da crise que tem prejudicado milhões de empresas e trabalhadores brasileiros. 
 
A grande mobilização que vamos iniciar na capital federal no dia 24 de maio contra as reformas trabalhista e da Previdência ganha uma nova pauta e um novo grito: ELEIÇÕES DIRETAS JÁ PARA O PAÍS SAIR DA CRISE ECONÔMICA.
 
*SÉRGIO BUTKA – PRESIDENTE DA FORÇA PARANÁ E DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS DA GRANDE CURITIBA
 

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria