100 anos de luta - Histórias dos Metalúrgicos da Grande Curitiba

Notícias

Imagem

EM REUNIÃO NO SINDICATO DOS METALÚRGICOS, REQUIÃO CONFIRMA CANDIDATURA AO GOVERNO DO PARANÁ

Ex-senador, que é um parceiro histórico do Sindicato, esteve participando da última reunião do ano da diretoria plena do SMC

O ex-senador e ex-governador do Paraná, Roberto Requião, esteve no Sindicato para participar da última reunião do ano da diretoria plena do Sindicato  dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, onde aproveitou para anunciar que será candidato ao governo do Paraná em 2022. “Estou disposto a disputar  a eleição ao governo do estado para conseguir consertar tudo o que está errado nesse governo. Estou disposto a topar essa parada  porque eu tenho o que eles não tem. Tenho a experiência necessária  arrumar o Paraná. Em meu governo, as tarifas de água e luz não subiam; lutamos contra o pedágio; a polícia militar não intervinha nos movimentos dos trabalhadores como tem acontecido agora”, disse Requião. 

O ex-governador também não definiu ainda por qual partido irá disputar as eleições. “Tenho recebido convite de vários partidos. Agora estou visitando  o Paraná inteiro com o objetivo não de divulgar candidatura e sim para tentar fazer com que as pessoas reflitam sobre o momento pelo qual o Paraná  o país  estão passando. Estamos vendo como a prática neoliberal que  privilegia mais o capital do que o  humano tem imposto retrocessos  para a população brasileira, atingindo a aposentadoria, os direitos dos trabalhadores, as entidades sindicais. Reduziram direitos dos trabalhadores com a desculpa de que isso ia gerar empregos, o que não aconteceu. Estamos indo num caminho terrível e por isso, precisamos ter um movimento forte de contestação e opinião para a implantação de um projeto que privilegie a população e não o capital.  E os Sindicatos tem um papel importante nessa luta pelo esclarecimento da população, pois são a única arma do mundo na luta contra o capital explorativo. Depende de vocês a mudança definitiva do Paraná e do país”, disse o ex-senador aos diretores do SMC. 

PARCEIRO DOS TRABALHADORES
O presidente do Sindicato, Sergio Butka, fez questão de lembrar como Requião é um antigo parceiro dos trabalhadores e do Sindicato. “Requião sempre esteve ao lado dos trabalhadores do estado. Atendeu nossa reivindicação do piso regional em 2006, o maior do país. Nunca permitiu que a polícia se intrometesse diretamente na mobilização dos trabalhadores por melhores salários como temos sofrido hoje. Sempre nos ajudou a solucionar os impasses com as empresas sempre levando em conta as reivindicações da classe trabalhadora. Precisamos colocar na frente do estado pessoas que voltem a fomentar o diálogo entre empresários e trabalhadores, que voltem a fazer do Paraná um estado respeitado. Esperamos sinceramente que o povo acorde no estado para termos gente no governo que se importe também com os trabalhadores, com o  povo que ta passando fome”, afirmou Butka. 


R$ 17 BILHÕES EM ISENÇÕES PARA EMPRESAS EM 2022
O deputado estadual Maurício Requião  também participou da reunião e fez questão de denunciar como as grandes empresas tem se beneficiado de um governo totalmente patronal, em detrimento dos trabalhadores. “A previsão da isenção fiscal do Paraná em 2022 vai ser de R$ 17 bilhões. Mesmo assim, as empresas tem se recusado a dar a simples reposição salarial aos trabalhadores. Ao contrário, tem chamado a polícia para intervir na manifestação dos trabalhadores por melhoria salarial.  Enfim, tem muita coisa errada acontecendo e é preciso mudar tudo isso”, disse o deputado. 

POSSE DOS NOVOS DELEGADOS DE FÁBRICA
Durante a reunião, também houve a posse dos novos delegados de fábrica, cuja missão é representar o Sindicato nas empresas visando a luta por mais renda e melhores condições de trabalho. 

CONFIRA ABAIXO A ÍNTEGRA DA REUNIÃO


Veja o vídeo:

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia

código captcha
Desenvolvido por Agência Confraria

O Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) utiliza alguns cookies de terceiros e está em conformidade com a LGPD (Lei nº 13.709/2018).

CLIQUE AQUI e saiba mais sobre o tratamento de dados feito pelo SMC. Nessa página, você tem acesso às atualizações sobre proteção de dados no âmbito do SMC bem como às íntegras de nossa Política de Privacidade e de nossa Política de Cookies.